Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1829 - Demanda por Produtos Alimentares nas Áreas Rurais e Urbanas do Brasil 

Ana Luiza Neves de Holanda Barbosa, Tatiane Almeida de Menezes e Bárbara Caballero de Almeida / Rio de Janeira, abril de 2013

Objetivo deste artigo é calcular a elasticidade-preço e a elasticidade-despesa de 25 produtos alimentares das famílias residentes nas áreas rurais e urbanas do Brasil. Para tanto, foram estimados dois sistemas de equações de demanda por alimentos, um referente às famílias residentes nas áreas rurais do país e o outro associado às famílias residentes nas áreas urbanas. A base de dados utilizada é a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) de 2002-2003 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A metodologia adotada na estimação das equações de demanda tem como base o modelo Linear Almost Ideal Demand System (LA/aids). Os resultados encontrados são um importante passo para a compreensão dos hábitos de consumo alimentar no Brasil, em particular, no Brasil urbano e no Brasil rural, e mostram-se um instrumento poderoso no auxílio da formulação e aperfeiçoamento de políticas públicas.

Palavras-chave: elasticidade de demanda; comportamento do consumidor; modelo LA/aids.


This study estimates demand elasticities for staple foods in Brazil taking into account the differences in demand behaviour across urban and rural areas. We analyze microdata from 2002/2003 household expenditure survey (POF), conducted by IBGE. The methodology adopted in demand estimation is based on the Linear Almost Ideal Demand System (LA/AIDS). The results will give us a better understanding of the disparities of the consumption patterns across rural and urban areas in Brazil and provide useful tools in the improvement of public policy related issues.

Keywords: demand elasticity; consumer demand system; linear almost ideal demand system.


acesseAcesse o documento (566KB)



 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea