Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
09/10/2013 12:04

Empresas com patentes de inovações exportam mais

Boletim Radar, do Ipea, lançado hoje no Rio, apresenta diversos estudos sobre a Propriedade Intelectual

O incentivo ao patenteamento ou à transferência de tecnologia pode não somente propiciar a proteção das tecnologias desenvolvidas pelas empresas, mas também ampliar seu potencial competitivo, impulsionando a capacidade de concorrer em mercados externos. Essa é uma das conclusões do estudo, da técnica de Planejamento e Pesquisa do Ipea Graziela Zucoloto, Apropriabilidade tecnológica e desempenho exportador das firmas industriais brasileiras, que faz parte do Boletim Radar, divulgado nesta quarta-feira, 9.

Com base nos dados primários da Pintec (Pesquisa de Inovação Tecnológica) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Zucoloto conclui que há proporcionalmente um maior percentual de empresas exportadoras utilizando métodos de apropriabilidade tecnológica, em comparação às não exportadoras. Esta diferença é mais significativa em relação à liderança temporal, complexidade no desenho do produto e patentes de invenção.

Setor farmacêutico
Já o estudo A proteção patentária e a interação empresa-ICT no sistema farmacêutico de inovação brasileiro, também publicado no boletim Radar, constata que o sistema de Propriedade Intelectual não tem facilitado o desenvolvimento da inovação, no setor farmacêutico do país, por meio de maior interação entre empresas e instituições científicas e tecnológicas (ICTs).

De acordo com as autoras da pesquisa, “tanto do lado das empresas quanto das ICTs, é necessária uma maior capacitação para formulação de patentes”. Além disso, a estrutura atual do poder público brasileiro aumenta o período de análise dos pedidos de patentes, hoje estimado em oito anos.

Leia o boletim Radar nº 29 

Veja a entrevista com a pesquisadora Graziela Zucoloto

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea