Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
06/11/2014 15:00

Ipea lança boletim sobre infraestrutura de pesquisa científica

Artigos da publicação visam ampliar o conhecimento de diversos aspectos das atividades dos laboratórios de pesquisa


Como caracterizar as infraestruturas laboratoriais que desenvolvem pesquisas na área de energias renováveis sob a ótica das interações entre os pesquisadores, as instituições parceiras e o setor produtivo? Quais as características da infraestrutura de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) voltada para a indústria da construção civil? Qual o impacto da cooperação laboratórios-empresas sobre a utilização da infraestrutura laboratorial?

Artigos publicados na edição especial do boletim Radar: tecnologia, produção e comércio exterior trazem resultados preliminares sobre esses temas, que serão publicados em livro pelo Ipea, com os dados definitivos sobre os oito setores incluídos no projeto Mapeamento de Infraestruturas de Pesquisa – uma ampla pesquisa de campo realizada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em 2013, com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ipea. A base de dados dos estudos foi formada a partir de um questionário online respondido pelos dirigentes de 1.760 infraestruturas de pesquisas científicas.

Considerando o etanol, o biodiesel, o gás de biodigestores, a biomassa para queima, a hidroeletricidade, as energias solar e eólica, a propagação das marés e o hidrogênio, o técnico de Planejamento e Pesquisa do Ipea Gesmar dos Santos Rosa observou que 88% dos laboratórios que atuam na área de energias renováveis contaram com investimentos significativos nos últimos cinco anos, e que 81,5% dos pesquisadores têm o título de doutor. Os resultados mostraram também que a maior financiadora da implantação e da modernização das infraestruturas é a União, seguida da empresa Petrobras. O estudo indica, ainda, que a grande maioria das cem infraestruturas que responderam ao questionário é de pequeno ou médio porte e que o número médio de estudiosos é de apenas cinco por unidade de pesquisa, fatores que podem limitar a realização de pesquisa e desenvolvimento (P&D) de ponta.

O segundo artigo, de autoria de Jean Marlo Pepino de Paula, destaca as formas de inovação que ocorrem na indústria da construção civil e alguns dos fatores reconhecidos pela literatura como responsáveis pela lenta evolução tecnológica no setor. Os resultados obtidos na análise identificaram 52 infraestruturas de pesquisas em 23 instituições, que em 2012 ocupavam 1.436 pessoas, entre equipes técnica/administrativa, pesquisadores internos e externos aos respectivos laboratórios e estudantes. Apenas duas das instituições são entidades privadas e nas equipes de pesquisadores prevaleceram aqueles com doutorado (70,2%).

As principais estruturas no processo de inovação são os centros responsáveis pela disseminação tecnológica, localizados predominantemente nas universidades que oferecem cursos de pós-graduação para o desenvolvimento de pesquisas acadêmicas. Jean Marlo Pepino de Paula concluiu que, mesmo sujeitos às normas de edificações sustentáveis, nenhum entre os 74 parques tecnológicos existentes no Brasil se consolidou na temática.

Por fim, o estudo de Gilson Geraldino Silva Jr verificou se a cooperação entre laboratórios e empresas aumenta a probabilidade de ocorrência de atividades laboratoriais isoladamente (como de pesquisa, de ensino, de extensão tecnológica, entre outras), ou com alguma combinação de atividades. Os resultados, derivados da aplicação de modelo econométrico, mostraram que a cooperação com empresas no Brasil aumenta a probabilidade de ocorrência contínua de atividades de pesquisa, desenvolvimento de tecnologias e prestação de serviços tecnológicos.

Boletim Radar
O boletim Radar é uma publicação bimestral da Diretoria de Estudos e Políticas Setoriais de Inovação, Regulação e Infraestrutura (Diset) do Ipea. A publicação traz artigos curtos, em linguagem clara e direta, sobre temas relacionados à produção, inovação tecnológica, infraestrutura, regulação econômica e ao comércio exterior.

Leia o Boletim Radar nº 35

Vídeo: Infraestrutura de pesquisa científica é tema do boletim Radar

Vídeo: Panorama Ipea discute a infraestrutura tecnológica e científica no Brasil

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea