Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
26/11/2014 08:21

Seminário do Ministério da Justiça debateu penas alternativas

Pesquisadores do Ipea apresentaram trabalho sobre o tema

Os técnicos de Planejamento e Pesquisa do Ipea Fábio Sá e Almir de Oliveira Júnior participaram nesta quinta-feira, 27 de novembro, do Seminário Nacional de Alternativas Penais, realizado em Brasília pelo Ministério da Justiça, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen/MJ). O encontro foi aberto nesta quarta, 26, com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Na manhã de quinta, o técnico do Ipea Almir de Oliveira Júnior apresentou a pesquisa A Aplicação de Penas e Medidas Alternativas, realizada pelo Instituto em parceria com o Depen/MJ. As alternativas penais propõem um foco mais restaurativo em relação ao condenado, aliando a responsabilização da pessoa submetida à medida e a continuidade de seu vínculo com a comunidade.

As discussões que ocorreram durante o seminário tiveram como objetivo contribuir para um melhor conhecimento sobre as penas alternativas. O evento será encerrado na quinta e tratou de temas como o Enfoque Restaurativo nas Alternativas Penais e o Sistema Nacional de Alternativas Penais (Sinape).

Leia o Sumário Executivo da pesquisa “A Aplicação de Penas e Medidas Alternativas”

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea