Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td

TD 2076 - A Agricultura Familiar e Suas Múltiplas Interações Com o Território: Uma Análise de Suas Características Multifuncionais e Pluriativas

Sandro Pereira Silva / Brasília, abril de 2015
 

Este trabalho buscou analisar quais os principais aspectos multifuncionais e pluriativos que envolvem a agricultura familiar com as dinâmicas territoriais de maior escala, de acordo com as características regionais nas quais se inserem. Entende-se que a noção de multifuncionalidade permite analisar a interação entre famílias e territórios na dinâmica de reprodução social, englobando também a geração de uma série de bens públicos e privados. Ela reforça uma dimensão essencial da relação entre agricultura familiar e território, que é seu caráter intersetorial, embora a agricultura permaneça como o setor econômico mais relevante. Esse caráter intersetorial também não se resume apenas aos setores produtivos, pois, enquanto unidades familiares, elas demandam uma série de serviços públicos e privados, que faz com que a própria reprodução social da agricultura familiar gere uma série de oportunidades para a dinamização do ambiente econômico local. O rural deixa de ser visto apenas como um espaço de produção agrícola e passa a ser visto como um macro-organismo social, complexo e fortemente imbricado ao território por meio de suas relações de trabalho, produção e consumo.

Palavras-chave: multifuncionalidade; pluriatividade; agricultura familiar; território; reforma agrária.

This work analyzes the main aspects pluriactive and multifunctional agriculture involving familiar with the territorial dynamics of larger scale, according to regional characteristics under which they operate. It is understood that the notion of multifunctionality analyze the interaction between families and territories in the dynamics of social reproduction, including also the generation of a number of public and private goods. It enhances an essential dimension of the relationship between family farmers and territory, which is its inter-sector, while agriculture remains as relevant economic sector. This intersectoral character also is not just the productive sectors, because while family units, they require a number of public and private services, which makes their social reproduction of family farming generates a lot of opportunities to boost the local economic environment. The rural is no longer seen only as a space for agricultural production and is seen as a macro-social organism, complex and strongly overlapping the territory through its labor relations, production and consumption.

Keywords: multifunctionality; pluriativity; family farming; territory; land reform.

 

acesseAcesse o sumário executivoacesseAcesse o documento (500 KB) 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea