Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td

TD 2084 - Produtividade do Trabalho nos Setores Formal e Informal no Brasil: uma avaliação do período recente

Gabriel Coelho Squeff / Brasília, abril de 2015

Este texto discute a evolução da produtividade do trabalho nos setores formal, informal e de outras unidades familiares segundo atividade econômica. Com base em um shift-share modificado que lida com o problema de perda de aditividade, verificou-se que a produtividade agregada cresceu 7% entre 2001 e 2009, em decorrência do setor formal – uma vez que as atividades informais contribuíram negativamente – e de contribuições positivas da produtividade nas atividades (efeito direto) e da composição das ocupações (efeito ocupação). Ao se excluírem atividades com elevada parcela de produção não mercantil e imputada, obtêm-se resultados distintos: crescimento da produtividade agregada de apenas 2,2%, menor contribuição positiva do setor formal e efeito direto negativo e efeito ocupação positivo. Deste modo, é premente a adoção de políticas públicas que reduzam a informalidade e que promovam uma mudança estrutural em prol de atividades econômicas de maior valor agregado.

Palavras-chave: produtividade do trabalho; setores formal e informal; Sistema de Contas Nacionais.

In this paper we discuss the evolution of labor productivity in the formal, informal and other households units sectors disaggregated by economic activity. Based on a modified shift-share that deals with the loss of additivity problem, we found that aggregate productivity grew 7% between 2001 and 2009 due to the formal sector – once informal activities contributed negatively – and positive contributions of productivity within activities (direct effect) and from occupation’s composition (occupation effect).By excluding activities with high share of non-mercantile and imputed in total production, we found different results: aggregate productivity growth was only 2.2%, lower positive contribution from the formal sector, negative direct effect and positive occupation effect. Thus, it is urgent to adopt public policies in order to reduce informality and to promote a structural change in favor of higher added value activities.

Keywords: labor productivity; formal and informal sectors; national accounts.


 

acesseAcesse o sumário executivoacesseAcesse o documento (50 KB) 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea