Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
19/08/2010 10:33

Ipea e Cade assinaram acordo de cooperação 

Propriedade intelectual e dinâmica das empresas são os temas dos estudos que serão realizados em parceria

Nesta quarta-feira, 18, o presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann, e o presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Arthur Sanchez Bandin, assinaram o primeiro acordo de cooperação entre o Instituto e o CADE. A cerimônia aconteceu às 10h no Plenário do Conselho, em Brasília.

A parceria envolve dois projetos: a estimativa de taxas de entrada e saída de empresas formais na economia brasileira e a avaliação das interfaces entre defesa da concorrência e propriedade intelectual. O prazo para a conclusão é de 12 e 15 meses, respectivamente.

A técnica de Planejamento e Pesquisa do Ipea Graziela Zucoloto faz parte da equipe responsável pelo estudo sobre a propriedade intelectual e ressalta a relevância do assunto. “É um tema de ponta em que vão ser estudados o licenciamento de patentes e de tecnologia e seus impactos na questão concorrencial”, afirmou.  

O diretor de Estudos e Políticas Setoriais de Inovação, Regulação e Infraestrutura (Diset) do Ipea, Márcio Wohlers, afirmou que, diante da complexidade tecnológica e do mundo globalizado, é fundamental avaliar os licenciamentos e saber como proteger a economia de medidas anticompetitivas das empresas para que o mercado possa desenvolver todas suas potencialidades.

 

 

 

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea