Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
15/09/2016 16:04

Ipea lança 15ª edição do Boletim Regional, Urbano e Ambiental


Renda média e meio ambiente foram analisados na publicação

A Diretoria de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais (Dirur) do Ipea apresentou nesta terça feira, 13, durante seminário no Instituto, a décima quinta edição do Boletim Regional, Urbano e Ambiental. O pesquisador e editor do boletim, Constantino Cronemberger Mendes, apresentou um artigo que aponta resultados de vários indicadores dos estados e regiões brasileiras, a exemplo do indicador de renda.“Percebemos que houve uma queda nos indicadores em todas as regiões. Em relação à renda média, a Região Norte foi a que obteve o pior resultado, ficando com uma porcentagem de -7,6. Já a Região Sudeste foi a que teve uma menor queda, com apenas -1,2%”, declarou.

Na área ambiental, a publicação discutiu como manter uma gestão adequada dos recursos naturais do país e quais as estratégias possíveis para avançar na agenda ambiental com a geração de incentivos econômicos que garantam a conservação e o uso sustentável do meio ambiente. Entre 2014 e 2015, por exemplo, houve um aumento de 28,6% no número de focos de calor, com maior densidade no Pará, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Cronemberger explicou que um dos motivos para esse aumento seria o desenvolvimento do agronegócio nessa região.

Estudos em andamento
A sessão de opinião contou com a análise do professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Célio Campolina Diniz, que destacou a importância do boletim para o aprofundamento de pesquisas territoriais. “Esses indicadores são importantíssimos para estimular estudos sobre o que está acontecendo com cada estado e cada região”, afirmou. Campolina acrescentou que o crescimento do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) alteraram profundamente a relação dos territórios, do ponto de vista econômico e político, tornando essa questão como um ponto central a ser discutido.

Nesta edição, na sessão de indicadores, foi acrescentado o indicador de turismo, mostrando a participação, em porcentagem, do emprego formal do turismo em relação ao emprego formal de todos os setores da economia. O estudo mostrou que, em 2014, a região com mais postos de trabalhos formais do setor turismo foi a Região Sudeste, com 57% dos empregos, enquanto a Região Norte ficou com apenas 4%.

Por fim, o técnico de Planejamento e Pesquisa do Ipea Aristides Monteiro Neto ressaltou que “o boletim não é só um papel, ele é um debate que precisa ser feitos mais vezes e em mais lugares, é preciso que haja um aprofundamento dessas discussões”. O periódico põe em discussão dados não só regionais, mas também federativos, ambientais e de turismo. 

Acesse o Boletim Regional, Urbano e Ambiental

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea