Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
13/07/2017 09:34

Pesquisa analisa a eficiência de gastos com educação municipal
O Texto para Discussão aborda o desempenho de alunos brasileiros em avaliações, os investimentos realizados e fatores como o perfil das famílias dos estudantes e taxas de reprovação

O Texto para Discussão Eficiência do Gasto da Educação Fundamental Municipal busca responder, a partir de análises do desempenho brasileiro em avaliações internacionais e nacionais e do investimento público no setor educacional, como os municípios convertem os gastos na educação fundamental em resultados. A pesquisa expõe a baixa eficiência da educação pública nacional a partir de notas obtidas nos exames do Programme for International Student Assessment, o Pisa, e da Prova Brasil, considerando também fatores como o perfil das famílias dos alunos e taxas de reprovação e de abandono.

Foi realizada, ainda, uma revisão da literatura do tema, que compara o desempenho brasileiro com o de outros locais, como o texto introduz: “Os artigos buscam estimar medidas de eficiência de países e, para o Brasil, a eficiência dos municípios, buscando responder questões sobre efetividade e eficiência tecnológica e alocativa”.

O estudo, de autoria do coordenador de Economia Financeira do Ipea, Ajax Moreira, explica os métodos de pesquisa que embasam os resultados: “Nossa contribuição é a proposição de uma metodologia que extrai do desempenho dos alunos a parcela que pode ser atribuída à gestão municipal e considera a incerteza da medida de desempenho dos alunos para obter uma estimativa da média e um desvio-padrão da eficiência econômica do município”.

A eficiência de um município informa a proporção do gasto por aluno que poderia ser reduzida se o município modificasse a sua gestão. Entre as principais conclusões da pesquisa, destaca-se a alta eficiência média de estados como Ceará, Alagoas, Maranhão e Pernambuco, que apresentam alta incidência de municípios eficientes e baixa incidência de municípios ineficientes, enquanto estados ricos como São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro apresentam elevada incidência de municípios ineficientes.

Confira o Texto para Discussão Eficiência do Gasto da Educação Fundamental Municipal

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea