Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
02/10/2017 11:55

Perfil dos refugiados no Brasil é tema de livro
Foram coletadas informações como país de origem, idade e sexo, motivos para sair do país de origem, ocupação principal e idiomas falados

 

 

A partir da análise de mais de 4.000 concessões do refúgio ocorridas entre 1998 e 2014, o Ipea fez um panorama com o perfil desses estrangeiros. As informações estão presentes no livro Refúgio no Brasil: caracterização dos perfis sociodemográficos dos refugiados.

Durante o período analisado, os grupos mais numerosos inseridos no Brasil por via de elegibilidade – a forma tradicional de solicitação – foram: sírios (22,7%), angolanos (14%), colombianos (10,9%), congoleses (10,4%) e libaneses (5,1%).

O coordenador do Observatório das Migrações Internacionais, Leonardo Carvalho, comentou a importância de acolher o refugiado: "É preciso dirigir políticas públicas e planos de ação que possam ajudá-los a superar os entraves, como proporcionar a aprendizagem do português e facilitar a revalidação dos diplomas, para que trabalhem nas profissões de origem".

Saiba mais: Livro apresenta um panorama dos refugiados recebidos pelo Brasil

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea