Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Google +

 

01/03/2018 16:32

Análise mês a mês mostra reação dos investimentos em 2017


Indicador Ipea de FBCF foi atualizado com base no resultado do PIB

Os investimentos voltaram a ser o principal destaque positivo entre os componentes do Produto Interno Bruto (PIB) pelo lado da demanda. O Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo mostra que, embora os investimentos em construção civil tenham caído 5,6% no ano, chegou em dezembro num nível 0,9% acima do registrado no mesmo mês de 2016. Os investimentos em máquina e equipamentos, por sua vez, atingiram em dezembro de 2017 um nível 11,7% superior ao observado em dezembro do ano anterior. O indicador divulgado hoje pelo Grupo de Conjuntura do Ipea foi ajustado com base no resultado do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ou seja, o resultado do PIB de 2017.

A singularidade do Indicador Ipea é que ele permite analisar o desempenho mês a mês, ao longo do ano, dos investimentos por componentes (máquinas e equipamentos, construção civil e outros), ao passo que o SCNT do IBGE apresenta dados por segmentos apenas para a média do ano.

A análise publicada no blog da Carta de Conjuntura do Ipea destaca o forte desempenho dos investimentos em dezembro - quando o componente máquinas e equipamentos (produzidos internamente e importados) apresentou crescimento de 4,6% frente a novembro. Na comparação entre o quarto e o terceiro trimestres, a demanda por máquinas e equipamentos avançou 1,1%, embora o volume importado tenha contribuído negativamente, com recuo de 2,9%. Por sua vez, a construção civil avançou apenas 0,1%.

Leia a análise completa no blog da Carta de Conjuntura

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea