Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

td-banner

TD 2371 - Dinâmica da Inovação: Brasil frente aos países da União Europeia (indícios de 2014)

Priscila Koeller, Rio de Janeiro, março de 2018 

 

Este Texto para Discussão tem por objetivo identificar o perfil da inovação no Brasil em 2014, situando o país em relação aos países da União Europeia. Para tanto, analisaram-se os indicadores resultantes das pesquisas de inovação realizadas no Brasil e nesses outros países em 2014. Partindo-se dos resultados encontrados em estudo realizado com os indicadores em 2000, tendo como referencial teórico a teoria evolucionista e como referência para os indicadores o Manual de Oslo em sua terceira versão, o estudo aponta para uma dinâmica de inovação baseada em processos característicos de economias imitadoras. Os resultados da inovação, traduzidos por taxas de inovação próximas da média dos países analisados, pelo baixo grau de novidade e por inovação principalmente em processos mostram que o Brasil ainda possui um perfil semelhante ao encontrado em 2000. O processo inovativo também é semelhante àquele, apesar do aumento significativo na porcentagem de empresas que receberam financiamento à inovação, com baixa cooperação e esforço inovativo baseado na aquisição de máquinas, equipamentos e software em detrimento da pesquisa e desenvolvimento (P&D). Os resultados do estudo, que precisa ser aprofundado, sinalizam para a necessidade de revisão e aprimoramento da política de inovação desenvolvida no período 2000-2014.

Palavras-chave: indicadores de inovação; pesquisas de inovação; dinâmica de inovação.

This paper aims to identify the profile of innovation in Brazil in 2014, positioning the country in relation to the countries of the European Union. The paper analysed the indicators resulting from the innovation surveys carried out in Brazil and in these countries in 2014. Based on the results found in a study performed with the 2000 indicators, considering Evolutionary approach as the theoretical reference and the Oslo manual in its third version, the study points out to a dynamic of innovation based on typical processes of imitative economies. The results of the innovation, which presented innovation rates similar to the average of the countries analysed, as well as the low degree of novelty and the innovation based mostly in process innovative enterprises only, show that Brazil still has a profile similar to that found in 2000. The innovative process is also similar, despite the significant increase in the percentage of innovative enterprises that received public funding for innovation, with little cooperation and innovative efforts based on the acquisition of machines, equipment and software in detriment of research and development. The results of the study, which must to be in-depth, indicate the need to review and improve the innovation policy developed in the period 2000-2014.

Keywords: innovation indicators; innovation surveys; innovation dynamic.

 

  acesseAcesse o sumário executivo  acesseAcesse o documento (2 MB)

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea