Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

11/04/2018 09:06

Novo índice do Ipea capta a evolução dos custos da área de tecnologia da informação


ICTI tem como objetivo embasar os reajustes de valores contratuais do governo federal, podendo ser usado também pelo setor privado

Os custos do setor de tecnologia da informação cresceram quase o dobro da inflação brasileira nos últimos 12 meses. Enquanto isso, os rendimentos médios dos profissionais ligados ao setor no país apresentaram crescimento de 9,8%, enquanto os demais preços da economia apresentaram virtual estabilidade. Isso é o que mostra o novo índice de preços calculado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o Índice de Custo da Tecnologia da Informação (ICTI), que tem como objetivo captar a evolução específica dos custos efetivos da área de TI e embasar os reajustes de valores contratuais do governo federal, podendo ser usado também pelo setor privado.

Os resultados obtidos para o ICTI no período 2014-2018 mostram que os custos efetivos na área de TI têm evoluído de forma bastante distinta da média dos preços na economia, captada por índices gerais como o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), o Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP) e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo Marco Antônio Cavalcanti, diretor-adjunto de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea e autor da nota técnica, a classe de despesa de maior peso no ICTI é a de gastos com pessoal, que corresponde a quase 50% dos custos das empresas nos rendimentos diretamente ligados ao setor, além de outros 12% correspondentes a remunerações de serviços de outros profissionais indiretamente ligados ao setor.

O estudo foi realizado no âmbito do Acordo de Cooperação Técnica nº 05/2015, entre o então Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e o Ipea. Conforme estabelecido na Portaria nº 424 do MPOG, o instituto passará a manter, atualizar e divulgar o ICTI todos os meses.

Para acessar a íntegra da primeira edição do Índice de Custo da Tecnologia da Informação, clique aqui

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea