Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Google +

 

21/06/2018 14:49

Ipea lança nova edição do Boletim Regional, Urbano e Ambiental


Publicação trata de temas diversos, como desigualdade territorial e vulnerabilidade, indústria de transformação e inadimplência na arrecadação do IPTU

A edição número 18 do Boletim Regional, Urbano e Ambiental (Brua) foi lançada nesta terça-feira (19/06), na sede do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em Brasília. A publicação reúne ensaios, notas de pesquisa, um artigo de opinião, além de uma série de dados sobre temas regionais, urbanos, ambientais e federativos, que visam orientar ações públicas mais efetivas no país e nas Unidades da Federação.

O Brua nº 18 trata de assuntos variados, como a Desigualdade Territorial, Mobilidade Espacial e Vulnerabilidade. Nesse ensaio, os autores demonstram que, apesar de as regiões Norte e Nordeste apresentarem os menores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHMs), tanto em 2000 quanto em 2010, essas duas regiões tiveram evolução superior à média nacional nesse período, passando de baixo para médio IDHM. Em relação ao IDHM Educação, Norte e Nordeste apresentaram taxas de crescimento duas vezes maiores do que aquelas verificadas para o Sudeste. Mesmo com esse crescimento do IDHM Educação no Norte e no Nordeste, os pesquisadores verificaram desigualdades educacionais ainda marcantes regionalmente.

Márcio Bruno Ribeiro, um dos editores da publicação, ressaltou que o boletim discute uma diversidade de questões, como a Heterogeneidade na Indústria de Transformação nas Macrorregiões do Brasil, que traz dados sobre a produtividade das atividades industriais nas cinco regiões brasileiras; a Dinâmica Industrial na Região Metropolitana de São Paulo; Aspectos Socioeconômicos da Região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia); e o Desenvolvimento Regional como Política de Apoio para a Revitalização do Rio São Francisco.

Outros textos da obra ajudam a orientar as políticas públicas brasileiras, tais como O Papel da Inadimplência na Heterogeneidade da Arrecadação do IPTU no Brasil, com destaque para algumas medidas que poderiam ser implementadas visando à redução da inadimplência; Indicadores Sociais e Desenvolvimento Rural, com ênfase no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal Rural no Brasil; e Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 6, que apresenta desafios de gestão e a busca de convergências sobre as questões da água e do saneamento no país.

Indicadores
A última seção do boletim, Indicadores, consolida uma série de dados regionais, urbanos e federativos atualizados, permitindo um acompanhamento das principais variáveis para análise dos temas. Há dados sobre as atividades industriais do país no período de 1996 a 2015, sobre a vulnerabilidade social e suas desagregações por sexo, cor e situação de domicílio nas regiões metropolitanas brasileiras.

Chamam a atenção também os indicadores que calculam o endividamento e a vulnerabilidade fiscal dos estados. Segundo o boletim, os estados do Amazonas, do Pará, de Roraima, Tocantins, da Bahia, do Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, aumentaram sua vulnerabilidade entre março e setembro de 2017. Por outro lado, os estados que tiveram os melhores resultados, diminuindo o índice de vulnerabilidade, foram Maranhão, Pernambuco, Sergipe e Espírito Santo.

Opinião
Na seção Opinião, Henrique Villa da Costa Ferreira, secretário nacional de Articulação Social da Secretaria de Governo da Presidência da República, apresenta um texto sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a implantação da Agenda 2030 no Brasil, no qual aponta os desafios do governo federal para a implantação da agenda.

Além dos técnicos do Ipea, o boletim conta com contribuições de especialistas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud Brasil), do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Ministério da Saúde e Ministério do Desenvolvimento Social.

Para acessar o boletim completo, clique aqui

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea