Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
12/03/2019 12:00
td-banner

TD 2455 - Programa Ecoforte e o Fortalecimento das Redes de Agroecologia: demandas e possibilidades 
Jéssica Maiara Rodrigues Martins e Regina Helena Rosa Sambuichi , Rio de Janeiro,Março de 2019 

O programa Ecoforte foi criado no âmbito da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO), com o objetivo de fortalecer as redes de agroecologia no Brasil. Esta pesquisa buscou compreender como as expectativas e demandas da sociedade civil para apoio e fortalecimento das redes de agroecologia nos territórios foram internalizadas na primeira edição do Ecoforte-redes. Para tanto, foi feita uma pesquisa qualitativa, baseada na realização de entrevistas semiestruturadas com atores-chave e análise documental. Os resultados apontam que, apesar do volume de recursos abaixo do previsto e outros problemas burocráticos, o programa conseguiu abranger um amplo conjunto de características apontadas pela sociedade civil como relevantes para o fortalecimento das redes, como o financiamento de atividades voltadas à mobilização e dinâmica das redes, a priorização a atividades de formação e assistência técnica, e o apoio à diversidade, incluindo entidades representativas de povos e comunidades tradicionais, além de grupos formados por mulheres ou jovens. Na opinião dos entrevistados, a ampliação e a continuidade do programa foram consideradas fundamentais, tanto para o fortalecimento de um número maior de redes, quanto para o fortalecimento da própria PNAPO.

Palavras-chave: redes de agroecologia; agroecologia; programa Ecoforte; desenvolvimento rural sustentável.

The Ecoforte Program was created under the National Policy on Agroecology and Organic Production (PNAPO) with the objective of strengthening agroecology networks in Brazil. This research sought to understand how the expectations and demands of civil society to support and strengthen agroecology networks in the territories were internalized in the first edition of the Ecoforte-Redes Program. Therefore, qualitative research was done, with documental analysis and semi-structured interviews with key actors. The results show that Ecoforte was able to cover a wide range of characteristics identified by civil society as relevant to the strengthening of networks, such as funding for mobilization activities and the dynamics of the networks, the prioritization of training and technical assistance activities and support for projects that value diversity, including representative entities of traditional peoples and communities, as well as groups of women and youth. In the opinion of the interviewees, the extension and continuity of the Program were considered fundamental, both for the strengthening of a greater number of networks and for the strengthening of PNAPO itself.

Keywords: agroecology networks; agroecology; Ecoforte program; sustainable rural development.


 

  acesseAcesse o sumário executivo  acesseAcesse o documento (2 MB)

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea