Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
13/11/2019 12:00
td-banner

TD 2521 -O Papel do Crédito Rural e da Infraestrutura de Transportes para o Desenvolvimento da Agricultura Brasileira

Márcio Bruno Ribeiro e Júnia Cristina Péres Rodrigues da Conceição, Brasília, outubro de 2019


Este trabalho tem como objetivo verificar a relação existente entre o produto interno bruto (PIB) do setor agrícola, o crédito rural e o investimento em infraestrutura de transportes no período 1999-2015. Para tanto, foi utilizada a metodologia de séries temporais aplicada a dados trimestrais, com a estimativa de um modelo vetorial de correção de erros (VECM, na sigla em inglês) e a realização de testes de causalidade de Granger (1969). Os resultados da estimativa do modelo apontaram a existência de uma relação de longo prazo negativa, mas com baixo impacto econômico, do investimento público em infraestrutura sobre o crédito rural e o PIB agrícola. Os resultados dos testes de causalidade evidenciaram a precedência temporal do PIB agropecuário para o crédito e o investimento público em infraestrutura, bem como do PIB agropecuário e do investimento público em infraestrutura para o crédito. Esses resultados sugerem que o crescimento do PIB agrícola teve o potencial de alavancar a demanda por crédito rural e por investimentos em infraestrutura. Por sua vez, no longo prazo, a concorrência por recursos entre os financiamentos da produção rural e dos investimentos públicos em infraestrutura resultou em impacto negativo sobre o setor agrícola.

Palavras-chave: crédito rural; infraestrutura de transportes; PIB agrícola.

This study aimed to verify the relationship for the period 1999-2015 among Brazilian agricultural gross domestic product (GDP), rural credit and transport infrastructure investment. For this purpose, the time series methodology was applied to quarterly data, involving an estimation of a vector error correction model (VECM) and Granger causality tests. The results of the estimation of VECM suggest a negative long run relationship from public infrastructure investment to rural credit and agricultural GDP, but with a low economic impact. Granger tests pointed causality from agricultural GDP to rural credit and public infrastructure investment, and from agricultural GDP and public investment to credit. These results suggest that agricultural GDP growth had the potential to leverage the demand for rural credit and infrastructure investments. On the other hand, the competition for resources between financing rural production and public infrastructure investment resulted in a negative impact on the agricultural sector in the long run.

Keywords: rural credit; transport infrastructure; agricultural gross domestic product.

 

  acesseAcesse o sumário executivo  acesseAcesse o documento (2 MB)

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea