Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 0463 - The Variance of Inflation and the Stability of the Demand for Money in Brazil: A Bayesian Approach

Elcyon Caiado Rocha Lima e Ricardo Sandes Ehlers / Rio de Janeiro, março de 1997

Em trabalho recente, Tourinho (1995) sugeriu que, em processos de inflação elevada, deve ser considerada não somente a esperança da taxa de inflação, mas também a variância esperada da taxa de inflação. O modelo apresentado em Lima & Ehlers (1993) é aqui estendido para lidar com a incerteza produzida pela variabilidade da taxa de inflação: um termo proporcional à esperança do erro quadrático médio, na previsão da taxa de inflação, é incluído na equação de demanda por moeda. O problema de que estimativa utilizar, para a variância esperada da taxa de inflação, é resolvido através de um procedimento de estimação Bayesiano. É permitida a alteração dos parâmetros do modelo ao longo do tempo e são adotados procedimentos de monitoramento e intervenção Bayesianos para detectar-se mudanças estruturais. O modelo foi estimado com dados trimestrais entre o primeiro trimestre de 1973 e o quarto trimestre de 1995, e portanto considerando-se os diversos planos recentes de estabilização da economia brasileira. Nós concluímos que a presença da variância esperada da taxa de inflação, na equação de demanda por moeda, é importante por duas razões principais: a) ela impede que o monitor sinalize em 1990 após uma intervenção no modelo em 1986 e b) o seu efeito se torna significante depois de 1986 quando diversos planos de estabilização contribuíram para aumentar a incerteza a respeito da taxa de inflação.

 

acesseAcesse o documento (179.44 Kb)         

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea