Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 0642 - Divída Pública Externa: Empréstimos do BIRD ao Brasil

Ricardo Pereira Soares / Brasília,  maio de 1999

Este estudo analisa as transferências líquidas de recursos do Banco Mundial para o Brasil,referentes aos empréstimos que entraram em efetividade de 1980 a 1997, e calcula o custo efetivo de 33 contratos que foram integralmente desembolsados e amortizados nesse período. Esse custo é desdobrado em três componentes; o primeiro corresponde ao custo previsto, e os outros dois, ao custo adicional que onera o empréstimo quando ocorre alteração cambial do dólar em relação à cesta de moedas e/ou atraso na execução do projeto. O trabalho constata que o custo efetivo dos 33 empréstimos foi elevado ao redor de 18% a.a., e, desse total, os custos devidos à desvalorização do dólar e a atrasos foram, respectivamente, de 4,3% e 3,7%a.a. O estudo conclui que as normas adotadas pelo Banco Mundial explicam, em parte, o cancelamento de recursos contratados, o que, em última instância, eleva o custo de atraso que os empréstimos atualmente em negociação podem vir a ter: um custo efetivo maior do que o calculado para a amostra.Além disso, os recursos setoriais do Banco Mundial não devem ser considerados como uma alternativa eficaz de captação de financiamentos externos, tanto pelo seu custo efetivo quanto por sua pequena e lenta internação.

 

acesseAcesse o documento (221.89 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea