Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 1039 - Evolução do Emprego Formal no Brasil (1985-2003) e Implicações para as Políticas Públicas de Geração de Emprego e Renda

Rogério Nagamine Costanzi / Brasília, setembro de 2004

O presente trabalho analisa a evolução do emprego formal no Brasil no período de 1985a 2003 a partir dos dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do CadastroGeral de Emprego e Desemprego (Caged). São estudados o ritmo de crescimento doemprego formal e a sua relação com o crescimento econômico, assim como as alteraçõesna estrutura do emprego formal no tocante à sua composição por tipos de contratos detrabalho; distribuição espacial, setorial; e por porte de estabelecimento ? analisando,sempre que possível, as causas subjacentes às transformações. Por fim, a partir da análise realizada, são feitas considerações sobre as implicações para as políticas públicas de geração de emprego e renda.

 

acesseAcesse o documento (178.41 Kb)             


Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea