Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 1190 - Avaliação de Programas Especiais de Crédito Para as Micro, Pequenas e Médias Empresas

José Mauro de Morais / Brasília, junho de 2006

Este trabalho avalia os principais programas especiais de crédito que alocam recursos às empresas de micro, pequeno e médio portes, buscando uma visão de conjunto do crédito de fontes públicas direcionado às firmas desses segmentos. Os programas analisados compreendem os financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), os Fundos Constitucionais de Financiamento das Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste (FNO, FNE e FCO) e o Programa de Geração de Emprego e Renda (Proger). O estudo atualiza os dados contidos em relatórios de pesquisas desenvolvidos para a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) sobre as condições de acesso ao crédito das empresas de pequeno porte, acrescentando novas análises sobre o tema. Os levantamentos realizados mostram que o valor total do crédito contratado com empresas da indústria, comércio e serviços, de todos os portes, nas três instituições/programas de crédito, em 2004, foi de R$ 39.834,6 milhões (2,3% do Produto Interno Bruto - PIB), tendo sido emprestados às Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) R$ 10.949,3 milhões, representando 27,5% do total. Tendo em vista os volumes envolvidos, no trabalho chama-se a atenção para a necessidade de aprofundar-se a avaliação dos programas especiais de crédito, com intuito de obter seu aprimoramento e a verificação de sua efetividade em termos de alcance dos objetivos gerais que motivaram sua criação, ou seja, a ampliação dos investimentos e da produção, a modernização produtiva, a ampliação das exportações e a geração de novos empregos, entre outros.

This study evaluates the major credit special programs that allocate resources to micro, small and medium, seeking an overview of credit from public sources directed to firms in these segments. The programs examined include the funding of the National Bank of Economic and Social Development (BNDES), the Constitutional Financing Fund of North, Northeast and Midwest (FNO, FNE and FCO) and the Program for Employment and Income Generation (Proger). The study updates the data contained in research reports developed for the Economic Commission for Latin America and the Caribbean (ECLAC) on the conditions of access to credit for small businesses, adding new analyzes on the subject. The surveys show that the total amount of credit granted to firms of industry, commerce and services, of all sizes, in all three institutions / credit programs in 2004 was R $ 39,834.6 million (2.3% of Gross Domestic Product - GDP), having been lent to Micro, Small and Medium Enterprises (MSMEs) R $ 10,949.3 million, representing 27.5% of the total. Given the volumes involved in the work called attention to the need to deepen the assessment of special credit programs, with a view to its improvement and obtain verification of their effectiveness in terms of achieving the overall objectives that motivated its creation, ie, the expansion of investment and production, modernization of production, expanding exports and creating new jobs, among others.

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea