Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 0976 - Uma Aplicação Ambiental de um Modelo de Equilíbrio Geral

Octávio Augusto Fontes Tourinho, Ronaldo Seroa da Motta e Yann Le Boulluec Alves / Rio de Janeiro, agosto de 2003

Com a implementação de políticas de mitigação de poluição atmosférica, apoiada sem uma política de tributação sobre carbono no modelo de equilíbrio geral computável (CGE) estático em desenvolvimento no IPEA, pudemos analisar os principais impactos econômicos tanto em nível macroeconômico como setorial de uma política ambiental que visa à redução de emissões de CO2 na economia brasileira. Para tanto, com o modelo adaptado para a aplicação de políticas ambientais, montamos três diferentes cenários para a economia, que consistiram na aplicação de três diferentes taxas sobre a quantidade de carbono emitida por setor(US$ 3, US$ 10 e US$ 20 por tonelada de carbono, respectivamente). Com a adoção das políticas, temos uma redução no nível de emissões de carbono no modelo, uma transferência de recursos de setores mais intensivos, em emissões para setores menos intensivos com alterações nos níveis de preços acompanhando esta tendência, uma queda no valor da renda das famílias, uma diminuição no valor do PIB para a economia e um aumento do investimento total.

 

acesseAcesse o documento (286.46 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea