Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 0986 - O Índice de Desenvolvimento da Família (IDF)

Ricardo Paes de Barros, Mirela de Carvalho e Samuel Franco / Rio de Janeiro, outubro de 2003

Embora insuficiência de renda seja um importante indicador escalar de pobreza, ele certamente não é o único possível. A idéia de construir um indicador escalar que sintetize todas as dimensões relevantes da pobreza é antiga. Não obstante, tomou verdadeiro impulso apenas após a criação do Índice de Desenvolvimento Humano(IDH) pelo PNUD, no início da década de 1990 [ver UNDP (1990)]. O IDH,entretanto, apresenta deficiências largamente conhecidas e reconhecidas, as quais são tratadas neste estudo. Dito isso, o objetivo central deste estudo é demonstrar como é possível obter um indicador sintético, no mesmo espírito do IDH, calculável no nível de cada família e que possa ser facilmente agregado para qualquer grupo demográfico,tais como os negros ou as famílias chefiadas por mulheres, da mesma forma como tradicionalmente é feito com os indicadores de pobreza. Também se apresenta uma aplicação do índice proposto, a partir de informações da PNAD de 2001.

 

acesseAcesse o documento (245.28 Kb)           

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea