Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 1348 - Sobre o Painel da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do IBGE

Rafael Perez Ribas e Sergei Suarez Dillon Soares / Rio de Janeiro, agosto de 2008

O objetivo deste texto é fornecer as informações necessárias para que pesquisadores possam utilizar a Pesquisa Mensal de Emprego (PME) e, em particular, o painel de domicílios. O painel da PME é um instrumento extremamente útil de análise que, no entanto, tem sido subutilizado devido a uma série de dificuldades práticas, principalmente na sua (re)construção. Escrevemos este texto para fornecer a outros pesquisadores alguns instrumentos para lidar com estas dificuldades. O texto tem três partes. A primeira trata da leitura e identificação do painel da PME, inclusive o esquema de rotação da pesquisa. Até esta tarefa relativamente simples torna-se complexa devido a algumas peculiaridades de como a PME é organizada. Na segunda parte, fornecemos alguns procedimentos para aumentar a taxa de identificação no painel de pessoas. A hipótese por trás destes procedimentos é que o erro na declaração de informações individuais dificulta a reconstituição mais precisa deste painel. Finalmente, na última parte, apontamos qual é a implicação de uma reconstituição menos precisa do painel de pessoas sobre os resultados de um exemplo de análise do mercado de trabalho.

The purpose of this article is to explain how to use the Pesquisa Mensal de Emprego (PME) and in particular to explain in detail how to set up the household panel. The PME household panel is an extremely useful analytical instrument that has been sadly underused due to several practical construction difficulties. The main objective of this text is to dispel these difficulties so as to open the household panel to researchers who previously did not know how to set it up. The first part of the text explains how to read the microdata and set up the PME household panel, and includes an explanation of its rotation scheme. Even this simple task becomes relatively complex due to how the PME is organized. The second part of the text deals with individuals and supplies some simple procedures for increasing the percentage of individuals successfully identified in the household panel. These procedures work because identifiable reporting error and identifiable changes in household composition reduce the percentage of individuals identified. Finally, we show how increasing the rate of individual identification improves econometric estimates using as an example labor market insertion.

 

acesseAcesse o documento (178.41 Kb)            


Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea