Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo td_antigos

TD 1181 - O Desafio da Gestão do Conhecimento nas Áreas de Administração e Planejamento das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES)

Fábio Ferreira Batista / Brasília, maio de 2006

Neste trabalho analisam-se como as áreas de administração e de planejamento de 45Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) tratam o tema Gestão do Conhecimento(GC).No trabalho avalia-se a situação atual da implantação de práticas de GC nessasorganizações; compara-se a situação da implantação de iniciativas de GC nas Ifes como estágio em que se encontra a adoção de tais práticas nos órgãos e nas entidades daAdministração Direta Federal; avalia-se o grau em que as instituições se encontramem relação à formalização e à explicitação da GC; propõem-se recomendações sobremedidas que os pró-reitores, reitores e dirigentes do Ministério da Educação devemadotar para consolidar processos de gestão do conhecimento; e apresenta-se propostade Ciclo Operacional da Gestão do Conhecimento para as áreas de administração eplanejamento das Ifes.Os resultados da pesquisa mostram que a implantação de práticas de gestão do conhecimentonas áreas de administração e de planejamento das Ifes se encontra no estágioinicial nas três categorias analisadas. A comparação dos resultados desta pesquisacom os de estudo anterior, publicada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada(Ipea), mostra que tais áreas apresentam índices de implantação inferiores aos dos órgãose entidades da Administração Direta Federal na maioria das práticas de GC.Com relação à intenção estratégica, GC não é uma prioridade para a maioriadas áreas administrativa e de planejamento das Ifes. Para mudar essa realidade, otrabalho recomenda ? com base na literatura e em casos reais e bem-sucedidos deimplantação ? a adoção de várias medidas, assim como a utilização de Ciclo Operacionalda Gestão do Conhecimento para melhorar a gestão de processos com vistasa tornar a GC parte das atividades diárias das instituições.

This study analyzes the implementation of Knowledge Management (KM) in theplanning and administration departments of 45 Brazilian Federal Institutions ofHigher Education.The report analyzes the current situation of knowledge management practices inthese departments; compares the results with KM initiatives in federal governmentagencies; assess the level of effective formalization of KM; proposes recommendationsand guidelines leadership should follow in order to implement effectively KM; andpresent a KM Operation Model designed for the planning and administrationdepartments of these higher education organizations.The research shows incipient results in all three categories of KM initiativesamong these departments. Moreover, the Institutions of Higher Education results areworse than those of federal government agencies in most of KM initiatives as shownin earlier paper published by the Institute for Applied Economic Research (Ipea).KM is not a strategic priority for most of the institutions. In order to changethis situation, the reports recommends ? based on the literature about the subject and

 

acesseAcesse o documento (408.27 Kb)        

 

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea