Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1467 - Delimitação de Mercado Relevante e Simulação de Fusões Horizontais: Uma Abordagem Unificada

Eduardo P. S. Fiuza / Rio de Janeiro, janeiro 2010

Embora o chamado Teste do Monopolista Hipotético (TMH) utilizado na delimitação de mercados relevantes frequentemente seja implementado com aumentos uniformes para todos os produtos do mercado relevante candidato, desde 1984 as versões dos Guias de Análise de Fusões norte-americanos têm enfatizado que esses aumentos de preços pequenos, mas significativos e não transitórios, do monopolista hipotético devem ser maximizadores de lucro, o que resultaria em aumentos uniformes somente em condições particularíssimas. Tais aumentos poderiam ser analisados, portanto - havendo dados suficientes para tal -, da mesma maneira que nas simulações de efeitos unilaterais de fusões, introduzidos nos anos 1980 e aperfeiçoados ao longo da década de 1990. Assim, neste trabalho, com base em modelos estruturais de demanda e oferta e elaborando sobre recentes contribuições da literatura, oferecemos um arcabouço unificado para as simulações de fusões e para o TMH, em suas diversas versões implementadas em vários países ao longo do tempo, explicitando melhor as suas diferenças. Para ilustrar essas diferenças, apresentamos um experimento de Monte Carlo, usando três especificações de demanda: isoelástica, linear e Almost Ideal Demand System (AIDS) linearizado, todas com orçamentação de dois estágios. Concluímos que a escolha da versão do teste e da especificação funcional da demanda pode afetar significativamente o tamanho do mercado relevante encontrado, de acordo com a distribuição e a magnitude das elasticidades próprias e cruzadas no mercado potencial.

While often times the Hypothetical Monopolist Test (HMT) utilized in relevant market delineation is implemented with uniform price increases throughout all the goods in the candidate relevant market, since 1984 the versions of the U.S. Merger Guidelines have emphasized that these small but significant and non-transitory increase in prices (SSNIP) should be profit-maximizing, what would result in uniform increases only under very particular conditions. Such increases could then be analyzed-sufficient data existing for such-in the same manner as the simulations of unilateral effects of mergers, introduced in the 1980s and further developed in the 1990s. Thus, in this article, building on structural models of demand and supply and on recent contributions to the literature, we propose a unified framework for merger simulations and for the so-called HMT in its diversity of versions implemented in various countries along the years, and we better detail their differences. To illustrate those differences, we report the results of a Monte Carlo experiment using three demand specifications: isoelastic, linear and linearized Almost Ideal Demand System (AIDS), all of them in a two-stage budget setting. We conclude that the choice of the test version and of the demand specification may affect significantly the size of the relevant market found, depending on the distribution and magnitude of cross and own price elasticities in the potential market.


acesseAcesse o documento (355.39 Kb)              

   

Surplus Labor and Industrialization

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea