Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
15/12/2010 09:42

Radar analisa metodologias de avaliação do PAC

Artigos também tratam dos resultados da PINTEC e de instrumentos capazes de estímular as exportações brasileiras

As diferentes metodologias empregadas pela organização não governamental (ONG) Contas Abertas e pela Casa Civil para avaliação das realizações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) são analisadas na décima primeira edição do boletim Radar, lançada nesta quinta-feira, 16, em Brasília.

O artigo, de Frederico Hartmann de Souza e Carlos Campos, também analisa a metodologia empregada pelo Ipea, que realizou estudos comparando os investimentos necessários e os propostos pelo PAC. Segundo Carlos Campos, coordenador de Infraestrutura do Ipea, a análise e comparação das metodologias é importante para que sejam entendidas discordâncias sobre os números apresentados pela casa Civil, por exemplo.

Outro artigo do boletim traz uma discussão sobre os principais resultados da quarta edição da Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os autores Luiz Ricardo Cavalcante e Fernanda De Negri analisam a evolução de indicadores como a relação entre os gastos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) e a receita líquida de vendas (RLV) das empresas industriais no Brasil e a relação entre os gastos em P&D e o produto interno bruto (PIB) do País. O artigo também traz alternativas para aumentar as relações P&D/RLV e P&D/PIB no Brasil.

O técnico de Planejamento e Pesquisa Luiz Ricardo Cavalcanti, coordenador do boletim, disse que a PINTEC é o instrumento mais completo de avaliação de inovação e que a edição recém-divulgada pelo IBGE fará parte da agenda de pesquisa do Ipea nos próximos meses. “No artigo, fizemos a análise preliminar dos resultados. É a primeira de várias que faremos em 2011”.

O terceiro artigo do Radar, de Fernanda De Negri, Lucas Ferraz Vasconcelos e Jefferson Galetti, analisa os instrumentos capazes de estimular as exportações brasileiras em um contexto marcado pela consistente e continuada valorização do real e pelos efeitos da crise internacional sobre a demanda dos países centrais, importantes importadores de produtos industrializados do Brasil.

Fernanda De Negri, diretora-adjunta de Estudos e Políticas Setoriais, de Inovação, regulação e Infraestrutura do Ipea, disse que o artigo é resultado de vários trabalhos que estão sendo conduzidos dentro e fora do Instituto. “A idéia foi mapear essas políticas para saber a abrangência, a relevância e que tipo de empresas elas estão atingindo”, afirmou.

 A décima primeira edição do Boletim Radar foi lançada às 9h, na sede do Instituto em Brasília (Setor Bancário Sul, Quadra 1, Bloco J, Edifício BNDES/Ipea), com transmissão ao vivo pela internet.

Radar
O boletim Radar: tecnologia, produção e comércio exterior é uma publicação bimestral da Diretoria de Estudos e Políticas Setoriais, de Inovação, Regulação e Infraestrutura (Diset) do Ipea. O boletim traz artigos curtos, em linguagem clara e direta, sobre temas relacionados à produção, inovação tecnológica, infraestrutura, regulação econômica e ao comércio exterior.

Leia a íntegra do Radar: Tecnologia, Produção e Comércio Exterior

Apresentações:

- Avaliação dos investimentos do PAC: uma comparação das metodologias utilizadas pela Casa Civil, ONG Contas Abertas e Ipea 

PINTEC 2008: análise preliminar e agenda de pesquisa

- Avaliação das políticas de comércio exterior no Brasil  

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea